quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Sonhos e Insônia

 A muito tempo, você era o meu sonho, porém, ao meu ponto de vista, era inalcançável. Desde pequena, ouvia o clichê: "Nunca desista dos seus sonhos.", talvez no fundo, eu acreditava, e guardei só para mim.
 Passei muito tempo te admirando, de longe, querendo um dia estar perto, ninguém notou, incluindo você, que sempre me viu como a menina mais nova, e nunca, do jeito que eu realmente queria ser vista. Eram raras ás vezes que te via, mas, o suficiente para alimentar ainda mais o meu sonho.
 Um dia, quando eu não esperava, recebi um sinal, era apenas o início do que eu havia desejado por anos. Eu não sabia como reagir, um turbilhão de emoções tomou conta de mim, passei o resto do dia sorrindo para todos, estava tão feliz, que não conseguia fechar os olhos e dormir.
 Então, esperei o segundo sinal, ansiosamente. Muitas vezes dormia, só para o tempo passar mais rápido, mas, aquele sinal nunca chegava. Em uma noite, ao estacionar meu carro, uma amiga, que não sabia do meu sonho, ajudou-me a enxergar o sinal, que eu preferia não ter visto. 
 Você, lindo, como era costumeiro, ao lado do seu carro, com ela. Os meus olhos encheram-se de lágrimas, mas tive que ser forte e me controlar. Fiquei sabendo, da pior forma, que você está namorando. "Olha só, quem está namorando, que coisa boa... felicidades!", foi o que ouvi da minha amiga, e tive que balançar a cabeça afirmando, porque nenhuma palavra saia da minha boca, mas, bem no fundo, eu quero o seu bem, mesmo que eu não esteja, e mesmo que eu tenha ficado mais uma noite sem dormir, mas, dessa vez foram as lágrimas que causaram a minha insônia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário