terça-feira, 20 de agosto de 2013

Tag: Como eu leio?

Olá pessoal, como prometi postar com mais frequência aqui no blog, aqui estou, trazendo mais uma tag literária para vocês, não se preocupem porque estou preparando mais uma resenha, e novos looks para vocês, espero que tenham gostado de algumas alterações que fiz no layout. Vi uma tag super legal no blog Fala Sério, da Irene, uma amiga minha e ela deixou aberto para quem quisesse responder. 

A aquisição 

1- Sempre compra você mesmo(a) seus livros ou tem anjos da guarda? Se tem, quem são eles normalmente? 
O único anjo da guarda que tenho é meu pai, com ele aprendi o hábito da leitura e ele sempre me presenteia com livros, raramente compro.
2- Gasta quanto (em média) por mês com livros? Já estourou o cartão de crédito com livros? 
Pra falar a verdade, nunca compro a mesma quantidade de livros por mês, tem meses que compro apenas, outros nenhum (por ter muitos pra ler), outros três, seis... nunca gasto a mesma quantia. Embora eu não tenha cartão de crédito, sou muito controlada e nunca exagero na hora das compras, compro ou peço aos meus pais o que podem me dar de acordo com os gastos do mês.
3- Consegue livros emprestados com frequência? Se sim, quem te empresta normalmente? 
Eu até conseguiria, pois tenho muito amigos leitores, mas não peço, porque odeio ler livros emprestados, fico preocupada demais em cuidar, cuido bem mais que os meus, se eu gostar do livro, rola aquela angústia de devolver, e também que não gosto de emprestar meus livros, empresto para poucas pessoas, só para os mais íntimos e gente que cuida bem. 

O deleito 

1- Lê em média quantos livros por mês?
No máximo três, mas quando tenho bastante coisa da escola pra fazer, leio apenas um. 
2- Lê em média quantas páginas num dia da semana? E nos fins de semana?
Não sei, só sei que leio mais nos dias da semana, no fim de semana sempre acabo fazendo coisas a mais e não leio muito.

O local do Crime

1- Consegue ler em local movimentado?
Sim, leio todos os dias nas escola, viajo com a minha imaginação e não ouço barulho nenhum, só quando me chamam pra dizer que o professor entrou na sala. 
2- Prefere ler na mesa, sofá, no chão ou na cama? 
No sofá, pois na cama sempre acabo com sono ou dormindo. 
3- Qual a hora do dia que prefere ler?
À noite 

Os impedimentos 

1- É  solteira? Se sim, seu namorado, noivo, esposo te dá espaço para ler?
Sou solteira. 
2- Lê no trabalho? Se sim, qual emprego dá essa dádiva de ler na hora do serviço?
Não trabalho, estudo, e leio na escola, no intervalo, antes do professor entrar na sala, e na hora da chamada, aproveito todo momentinho vago pra ler. 
3- Já deixou de sair com a galera só pra ler capítulos irresistíveis?
Não.

As insanidades 

1- Já sonhou ou teve pesadelos lendo histórias de um livro? Qual foi o livro?
Sim, "Eclipse", sonhei que eu era a Bella e estava beijando o Jacob, foi muito hilário. 
2- Qual a maior loucura que já fez pra conseguir um livro?
Que eu me lembre, nenhuma. 
3- Já chorou ao terminar um livro? De felicidade ou de tristeza? Qual livro? 
Sim, em vários, mas todos foram de felicidade. Chorei em quase todos da série "Fazendo meu filme" e também chorei lendo o último de Hush Hush, "Finale". 

Então é isso, gostei bastante a tag, quem quiser fazer, sinta-se à vontade. Beijos!

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Recaídas

 Recordo-me de anos atrás, ainda éramos jovens, mas eu tinha uma paixão platônica por você, queria que você fosse mais que um amigo meu, porém aquele sentimento não havia reciprocidade e após lágrimas consegui te esquecer, conheci novas pessoas, mudei a cor do meu cabelo e fui ser feliz, mas você voltou, e dessa você sentia algo por mim, queria alguma coisa comigo, você simplesmente já não fazia sentido em minha vida, não queria mais você ao meu lado, não queria que você fizesse parte da minha vida, o tempo de ficarmos juntos, havia passado, então você se conformou e partiu, não fiquei mal, apenas segui minha vida, conheci outras pessoas e continuei com a mesma cor no cabelo. 
Pensei que era o fim, mas não era, você me chamou no facebook, como quem não queria nada, perguntando se eu iria para aquela festa, e depois desse dia, meu coração parece que sentiu falta de sofrer e só quer te querer, passo meus dias assim, só querendo que você me chame outra vez no chat do facebook, querendo um sms seu, querendo um beijo seu, querendo tanto ter a sua presença que encontro você em outras pessoas na rua, na fila do pão, no cinema ou dentro de um carro. 
Não sei mais o que fazer, eu quero você, quero ser sua, estou disposta para ficar do seu lado, mas você não vê, você não percebe que dessa vez eu quero você, sinto a vontade de te dizer tudo que estou sentindo nesses últimos meses, mas não tenho coragem, tenho medo de você me achar louca, ou algo assim, tenho medo do que você vai pensar de mim, tenho medo do que estou sentindo, não sei se é atração, recaída, ou amor (sinto náuseas só de pensar), o que me resta é apenas o tempo, se for pra nós dois ficarmos juntos, ficaremos. 

Imagem: Weheartit 

domingo, 4 de agosto de 2013

Tag: Marido literário

 Olá pessoal, hoje vim trazer para vocês mais uma tag literária, quem me marcou foi a minha amiga Irene do blog Fala sério que é um blog super legal, que aborda todos os assuntos, desde livros à moda, passem por lá. Ok, vamos deixar de blabla e começar a tag. 

Regras:
- Responder as perguntas
- Indicar cinco blogs ou mais
- Citar quem te indicou 

1. Que características fazem que um personagem entre na lista de "maridos"?
 Fofo, romântico mas também que seja misterioso e sedutor. Logo de primeira me apaixono em personagens assim, tem que ser um pouquinho de cada coisa. 
2. O que menos te atraí em um personagem? 
Aqueles que maltratam demais a mocinha e no final, do nada, se torna o fofo da história. Odeio esse tipo de personagem. 
3. Quem é seu atual marido literário? 
Patch Cipriano, o anjo caído mais fofo e sedutor do mundo (desculpa Nora Grey). Ele é o tipo mocinho que te faz suspirar, sorrir, chorar e desejar ter um pro resto da vida (literalmente). Ok, vou parar por aqui antes que eu conte algum spoiler da saga Hush Hush. Mas já fui apaixonada pelo St. Clair de Anna e o Beijo Francês, e morro de vontade de ter um Leo ou um Rodrigo em minha vida, os mocinhos lindos dos livros da Paula Pimenta. Mas, meu marido mesmo é o Patch, de Hush Hush. 

Indico: Quem quiser fazer, sinta-se a vontade. 

Boa semana para vocês, beijos!