domingo, 30 de junho de 2013

Conto: Presente

Cansada, despenteada, de pijama deitada no sofá assistindo uma comédia romântica, pensando em como nossa vida poderia ser igual ao filme, meus pensamentos são interrompidos com minha música favorita, talvez a nossa música favorita, era o meu celular tocando, deixei um sorriso escapar quando olhei o visor e vi teu nome, fazia tempo que não via. 
- Oi
- Oi, amanhã é seu aniversário, certo?
- Não me lembre.
- Porque?
- Não quero ficar velha.
- Você sempre será a minha garota, aquela garota que conheci há alguns anos atrás. 
Fiquei muda por um momento, minha mente havia sido invadida por memórias, memórias de quando nos conhecemos. 
- É que eu comprei seu presente, depois eu mando alguém te entregar.
- Não aceito, você que terá que me entregar pessoalmente. 
Você encerrou a chamada, como eu conhecia tão bem, aquilo era a mesma coisa de um sim, fui direto ao banheiro e tomei banho, troquei de roupa, penteei o cabelo que não via pente há dias, a campainha tocou e você estava lá, lindo como o dia que nos conhecemos. 
- Entra.
- Não, só vim trazer isso. -Você disse me entregando o embrulho. 
- Ok.
Você não resistiu e entrou, você não viu, mas eu sorri. Entramos na sala e você me abraçou.
- Eu sinto a sua falta. -Eu disse.
- Eu sinto falta do seu abraço.
- Apenas do abraço? 
Você me abraçou mais forte e me beijou, de uma forma doce e carinhosa como sempre fazia, eu havia esperado aquele momento por muito tempo, eu queria que você estivesse sempre presente.

Observação: Esse texto é um conto, ou seja, não aconteceu e não há nenhum fato baseado com a minha realidade.
Foto: Tumblr

2 comentários:

  1. Muito criativo seu blog! PARABÉNS!

    seguindoooo
    bjos

    www.marilenecarmo.com

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Bruna, você tem o dom da escrita. Que criatividade!!! Me identifiquei com alguns trechos do conto. Bjks.

    www.blogbelissima.com.br

    ResponderExcluir