terça-feira, 23 de abril de 2013

Resenha: Sussurro

Sussurro é o primeiro livro da série Hush Hush da Becca Fitzpatrick, o livro foi publicado pela Editora Intrínseca, e eu, só sei fazer elogios, a capa é muito linda, na versão original tem uma textura maravilhosa (o meu é cópia autorizada, mas eu senti a textura no livro da minha amiga). As páginas são amareladas (♥), o espaçamento e as margens são ótimas, mas confesso que o que me incomodou um pouco foi o tamanho da fonte, que, particularmente, achei muito pequena, mas eu acabei me acostumando. 
O livro conta a história de Nora Gray, uma menina comum, certinha, estudiosa, que não é a menina mais bonita do colégio, nem popular, tudo estava indo bem em sua vida quando seu professor de Biologia resolve formar novas duplas para atividades na classe. Nora acaba ficando com Patch, um garoto lindo, sedutor, perigoso e muito misterioso. 
Depois desse dia, coisas estranhas começam a acontecer na vida de Nora, ele se sente observada quase a todo momento, duvida de algumas coisas que vê, fica confusa, e passa até a se questionar. Sussurro me prendeu de uma forma, que quando acabou confesso que senti um vazio dentro de mim, como ainda não tenho "Crescendo" (o segundo livro da série), vou ter que me contentar com outros livros que estão na minha lista de leitura. Estou super ansiosa para a continuação dessa história viciante!

Obs. Meus amores, desculpem eu ter pegado novamente as fotos do blog da Melina Souza, minha câmera nova deu defeitos e está na autorizada, recebi uma ligação hoje, e soube que o técnico já está concertando e em breve chegará, e meus posts estarão com as minhas fotos. Beijos, e Feliz dia internacional do livro pra vocês :)

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Mudado

Quando eu pensei que só existiam garotos errados, você apareceu e provou que era diferente de todos os outros que haviam passado em minha vida, quando pensei em desistir de tudo, você chegou e me deu motivos para viver, quando eu mais queria chorar, você me fez a garota mais feliz do mundo por estar em seus braços.
Tudo que vivemos, está aqui guardado dentro de mim, nossos diálogos, nossos abraços, o teu beijo, também está guardado em mim e ainda posso senti-lo. Sabe quando você disse que tocava violão pensando em mim? Foi um momento único, e você me fez chorar pela primeira vez, mas de felicidade, o contrário de todos os outros garotos que me machucaram muitas vezes. Lembra quando você tocou violão pra mim? Foi o momento mais feliz que já vivi, me senti única, me senti sua.
Entretanto, tudo mudou desde a última vez que nos vimos, você estava mudado, parecia não mais ser o garoto que me fez feliz, parecia não lembrar mais de todas as coisas lindas que passamos juntos. O que houve com você? Para onde foi o garoto que costumava fazer de tudo pra me ver sorrir? Não sei para onde você você se foi, mas, aonde quer que você esteja, volte por favor, de uma hora para outra, tornei-me dependente de você.