sábado, 28 de abril de 2012

E de repente eu fecho os
olhos e imagino a gente,
Juntos novamente, andando,
Imagem também por Marina Ramos 
sorrindo, cantando,
se amando, sentindo felizes.

E num piscar de olhos
Acordo e não te vejo,
Sinto que você se foi,
Como uma brisa leve
Que vem, refresca 
e vai embora.

Mas, como posso acreditar,
aceitar, e me conformar
que não estou contigo?
Impossível!
Você não me deixou, não
Foi embora para sempre
Vai voltar!

E o tempo que me faz crer 
Que eu sou sua, que no encontrar
dos nossos corpos nos apaixonamos,
nos amamos, seguiremos juntos nessa jornada, e
e que você não é como a brisa leve que passa,
mas como o brilho do 
sol, que vai, mas volta. 

 Texto escrito por minha amiga, e leitora do blog, Marina Costa Ramos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário